sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Diferenças

Neste texto vou expressar a minha opinião verdadeira sobre o tema em discussão.
Cada dia que passa, vejo as pessoas mais diferentes umas das outras. Vejo-as mais materialistas, e menos sentimentalistas. Não tem nada a ver com lamechices. Vejo as pessoas a acreditarem menos em Deus, a não dar valor ao amor, ao afecto e ao carinho; vejo-as a serem mais duras e a não terem respeito por ninguem; vejo-as a descriminarem cada vez mais os outros, sem terem razão; vejo-as a serem egoístas e vejo-as a serem cada vez mais preconceituosas. Todos diferentes, todos iguais é certo. Mas não tantas diferenças. Já não há amigos como antigamente, e as pessoas são cada vez mais solitárias. O nivel de confiança diminuiu bastante, tornando as pessoas mais egoistas. São raras as pessoas que vejo que são meigas, carinhosas, respeitadoras, que não descriminem, em suma boas pessoas. Sim, eu considero isto ser boa pessoa. O fisico passou a ser a parte mais importante que os homens vêm nas mulheres e vice-versa. Muitos consideram isso agora "o amor". Mas o amor não é assim, é algo que se sente. Não há definição própria para o explicar. Hoje vi um grupo de rapazes, com 13 anos de idade, a terem uma conversa sobre mulheres em que consideraram que amar uma rapariga, é gostar do fisico dela. Têm 13 anos sim, mas já vi rapazes com 20 anos a dizerem o mesmo. Não é de ficar boquiaberto? Na minha opinião sim. Este mundo espanta me cada vez mais. Não há respeito pelas pessoas, mas também não há respeito pelo mundo, não há respeito por nada. Pessoas a morrer à fome, escravidão em certos paises, desflorestação, aquecimento global, entre outras coisas são hoje em dia os principais problemas que deviam de ser resolvidos quer durem poucos ou muitos anos. Só tenho falado de coisas más não? Pois, mas a verdade é que isto agora é considerado o "normal" da sociedade. É o que toda a gente faz hoje em dia, por incrivel que pareça. Há, e trocar droga hoje em dia também já parece normal.
A mim irritam-me certas situações, como por exemplo o facto de eu ter ido correr e ir com uma sweatshirt vestida, e toda a gente a olhar como se não fosse normal. Ora, se eu fui correr, fiquei transpirado e fiquei com calor, mesmo com este frio. Não estava a ter frio. Como se agora o normal no inverno é que todas as pessoas usem roupa quente. Há umas que têm mais frio que outras, e eu ainda por cima estava a praticar desporto. Mas isto é algo muito pequeno comparado com certos actos de certas pessoas.
Sinto-me triste por ver certas situações. Gostava que o mundo estivesse diferente de como está agora. Cada um gostava do mundo à sua maneira, é verdade. Há uns que querem um mundo cheio de maldade onde se sentem bem, e outros cheio de bondade. Eu só não gostava de ver certas coisas.

1 comentário:

  1. Olá Tiago, li o texto que escreveste e só tenho a dizer-te que está maravilhoso, que só demonstra o que eu já sei de ti, o grande coração que tens , os valores que mesmo no meio de um mundo conturbado continuas a defender.
    Força Amigo o mundo precisa de pessoas como tu que ainda sabem o que é o Amor, o Respeito e a Dignidade.
    Um Conselho organiza um dossier com as coisas que vais escrevendo, pois deves guardar tudo o que escreves pois penso que te expressas muito bem. E quando te apetecer escrever mesmo sobre sentimentos demasiado pessoais que não queres expôr, guarda também.
    Um grande Beijo da sempre tua Amiga Margarida

    ResponderEliminar