terça-feira, 19 de janeiro de 2010

O tempo

O tempo passa rápido, sem dúvida alguma. Damos por nós e já somos mais velhos. Olhando para tràs ficamos com um mau estar por não termos aproveitado bem a nossa vida como queriamos. Tenho 19 anos. É certo que algumas pessoas dizem: "Eia pá, ainda vais ter muito que viver e aprender. Ainda és jovem!". Sim ainda sou jovem, mas isso não significa que eu ou qualquer outro, não tenha aprendido com certos problemas da vida. Um jovem com problemas? Pois, um jovem com problemas. Uns têm mais que outros, uns mais dificeis outros mais faceis de resolver, uns de uma espécie e outros de outras. Isso não nos devia de impedir de aproveitar a vida como nós queremos. Às vezes dou por mim a pensar que deveria de ter aproveitado melhor o tempo que me foi dado enquanto era adolescente. Sair à noite, ir ao cinema, divertir me com os meus colegas, estudar quando fosse preciso, etc. Agora já me vejo com certas responsabilidades que tenho que assumir. Mas isso não me impede de não poder aproveitar melhor o tempo que me é dado. Concentramo-nos demasiado nos problemas, e por vezes deixamos o que é importante de lado. Vejo inúmeras pessoas a dizerem-me isso todas as semanas, e acabo por compreender como eles se sentem. Eles têm razão. Quer sejamos crianças, jovens, ou adultos devemos sempre aproveitar o tempo que nos é dado. Não fugir às responsabilidades, mas aproveitar. Realizar os sonhos que tinhamos quando eramos crianças e ainda temos. Para quando chegar um dia o nosso momento podermos dizer que esta vida não foi em vão.

Sem comentários:

Enviar um comentário