quinta-feira, 29 de abril de 2010

...Love


"I love you so much...miss you."

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Hipermercados

Hoje vou falar vos dos hipermercados. Quando vamos aos hipermercados temos sempre em atenção aos preços para fazermos as nossas compras, de acordo com as nossas possibilidades e com o que mais gostamos. Uma coisa que reparei à alguns tempos foi que o preço dos produtos do pingo doce, são exactamente os mesmos que os do modelo, variando o preço só um produto ou outro. Estando em torres novas, a minha terra natal, o modelo costuma ser o hipermercado onde vou, não só por ser o mais perto, mas também pela sua qualidade. Já em évora vou ao pingo doce por ser o mais perto, porque os outros são todos longe.
Os produtos (incluido carne, fruta, etc) não têm qualidade quase nenhuma. Ora agora o que está na moda é comida já feita e congelada, e quando compramos e chegando a casa, pomos no microondas e já está. E só custa 2 euros. Agora a qualidade da comida do pingo doce é simplesmente horrivel. Não sabe a nada. É toda igual. Sendo que a do modelo já é diferente. Não é das melhores claro. Mas é muito melhor que a do pingo doce. Não estou a descriminar um nem o outro sem saber como é. Estou a ser realista. E os preços são iguais para todos. Isso é que eu acho impressionante.
Sabendo que a qualidade é pior, porque é que o Pingo Doce não diminui os preços? Simplesmente porque não quer ficar atràs. Já o Lidl também possui coisas de boa qualidade.
Mudando agora o tema da qualidade, e falando das caixas de balcão onde se pagamos pelo que levamos.
Em grande parte dos sítios a que vou encontro sempre mais pessoas que atendem mal dispostas do que bem dispostas. E assim o atendimento não costuma ser dos melhores. Mau dia?
Em todos os dias em que vou às compras, encontro sempre as mesmas pessoas mal dispostas.
Coincidência? Não. Realidade.
Tendo também os aspecto dos anúncios na televisão. Fazem no sempre a pôr as pessoas com um sorriso orelha a orelha e chegamos ao hipermercado e vemos o contrário.
Eu cada vez que vou a um, tendo sempre escolher aquela que tenha pouca gente e com alguém bem disposto. Assim, atendimento excelente! Viva os bem dispostos!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Será que uma pessoa está preparada?

No outro dia estava a ver televisão, e num filme uma personagem pergunta a outra:

- "Estás preparado para ser pai?"
- "Não, não estou, e ninguém está" - Respondeu.

Porquê? Vejamos a continuação da resposta

- "...Nunca esdtivémos preparados para ser pais. Quisémos ter um filho, mas não sabemos ao certo como educá-lo para ser uma boa pessoa."

Após ter visto isto no filme pus me a pensar se é verdade ou não no seu caso, e em outros que vemos na realidade.
Alguma vez estivémos preparados para ir para a escola? Alguma vez estivémos preparados para iniciar um relacionamento? Alguma vez estivemos preparados para iniciar a nossa primeira relação sexual (perder a virgindade)? Alguma vez estivémos preparados para entrar para a universidade? Para viver com a pessoa amada? Para entrar no mundo do trabalho? Para ser pais? Avós? nunca estivémos nem nuncavamos estar. O que eu tou a tentar dizer aqui não é algo mau. No início parece-nos sempre mau. Mas depois deixa de ser. Sabem porque é que nunca estamos preparados? Na minha opinião porque é algo desconhecido, novo. Não sabemos como é o desconhecido, por isso é que é desconhecido. :D. Uma pessoa pode saber através de outros como é as coisas, mas experimentando ela, é sempre diferente. Quando o desconhecido deixa de ser desconhecido sentimo-nos bem, em experimentar algo novo pela primeira vez. E no final, acabamos por nos sentir-mos ainda mais feliz, por termos esse novo sentimento, e por ser e estarmos no presente sitio. :)

Verão

O Verão! Estamos todos desertos para que ele chegue! A sério??
Todos queremos praia (ou quase todos) para dar uns mergulhos no mar ou na piscina e comer uns gelados. Mas estão se a esquecer de uma coisa. Verão significa calor. E preferimos muito mais o frio do que o calor.
Óbvio que não vamos estar o tempo todo na praia. Só lá vamos estar quando chegar as férias, e o resto é o tempo normal, com...calor.
O que nós queremos realmente não é o Verão. Mas sim o calor no momento em que vamos à praia, ou à piscina para dar um mergulho; ou então para o ar condicionado em casa, ou para apanhar uma brisa fresquinha à noite.
A melhor época para mim é a primavera. Não está nem muito calor, nem muito frio. Está um tempo fantástico. Nos medianos, digamos. Também faz falta dar uns mergulhos, e neve claro. Mas a Primavera é fantástica!

segunda-feira, 12 de abril de 2010

O Regresso...E...Nunca mais?!

O título é estranho. Pessoal eu regressei! Peço desculpa a todos por não ter posto mais posts, mas tive que tratar de assuntos da vida e não pude aparecer cá!
Agora eu nunca me hei de ir embora não se preocupem. O que me refiro a nunca mais é a uma espécie de "novela" que recentemente saiu no youtube.
Houve um concerto dos Tokyo Hotel, possivelmente aqui em Portugal, e uma rapariga foi autografada por um dos membros no seu braço direito. Disse numa noticia da tvi que nunca mais iría tirar o autografo do braço, ou seja, nunca o lavaria para o resto da sua vida. Antes de dar a minha opinião é de referir que estava ao seu lado uma rapariga pequena a ouvir a conversa, com uma cara de espanto, a perguntar:" Nunca mais?!!". Deu mesmo vontade de rir.
Ora só o facto de ter o autografo no braço para toda a vida, é uma grande estupidez. Estão a adorar, como se adora um deus, os Tokyo Hotel. Não tem sentido, são só raparigas tontas e estéricas que não compreendem, nem valorizam o sentido da vida. E também há o facto do braço cheirar mal para o resto da sua vida. Chega a velha e o seu braço está podre, não?? Como irá ela conseguir tomar banho, sem lavar o braço direito? Difícil. E a rapariga pequena com aquela idade é capaz de ter mais juízo que ela! É impressionante! Tal é a educação que certos pais dão aos filhos.
Fica aqui o link do video:

http://www.youtube.com/watch?v=uqwbV6MTiDw

:)